Fucking Stars

Publicado originalmente em 03/06/2011 @ MyCool

A história é assim: banda surge com o nome de Starfucker; banda acha que o nome estava soando ofensivo (?) e muda para Pyramid; banda acha que um “d” é pouco e três é demais e se torna Pyramiddd; banda vê que criou um complexo e desnecessário caso de crise existencial, chuta o balddde e volta a ser Starfucker – com um adendo para STRFKR, já que hoje em dia vogais são para losers.

Talvez tantos problemas de posicionamento tenham feito o grupo inglês de synth pop conseguir muito pouco destaque e nunca, de fato, crescer para a vida. Ou talvez porque, embora tenham feito algumas canções muito boas como Medicine e uma releitura sensacional do hit da Cindy Lauper, a banda perca mais tempo tentando decidir qual nome usar no outono do que em fazer boa música.

e se a gente chamasse Restart?

O que eu sei é que, embora o novo disco “Reptillians”, lançado no ínicio do ano, não tenha sido grande coisa, o novo single – que me havia passado despercebido nas poucas audições que fiz do álbum – é bem bom e tem um clipe que merece três minutos e 49 segundos da sua atenção – ainda mais se algum dia você já gostou de jogar RPG, antes de virar descoladddo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s